NewsNewsletter

Afya tem mais de 600 oportunidades de emprego abertas para todo o país

0

A Afya, empresa de educação e soluções digitais para o médico em todas as fases da carreira, está com 625 posições abertas. Desde julho de 2020, o grupo tem intensificado sua estratégia digital, com a compra de healthtechs — até o momento foram dez startups de saúde adquiridas —, o que tem alavancado a demanda por talentos da área de tecnologia e inovação. 

Do total de vagas disponíveis, 355 são destinadas à atuação na sede corporativa do grupo, em Nova Lima, região metropolitana de Minas Gerais, e também para a operação de São Paulo, onde fica o headquarter da marca Medcel, de cursos preparatórios para residência médica.

Outra forte demanda vem das healthtechs Cliquefarma, ferramenta comparativa de preços de produtos farmacêuticos, e iClinic, software voltado para prontuário eletrônico, telemedicina, sistemas de gestão da área médica e marcação de consultas online, que recrutam 135 profissionais. Já a maior plataforma de conteúdo especializado, com foco em profissionais e estudantes do setor de saúde, a PebMed, disponibiliza outras 135 oportunidades de trabalho. Desenvolvedores, analistas de tecnologia e engenheiro de dados são as posições mais demandadas para o grupo no momento.

Para Denis Del Bianco, vice-presidente de Gente & Gestão da Afya, o movimento reforça a trajetória da companhia em educação e serviços digitais para a carreira médica, materializando o sucesso das soluções do grupo, que crescem ano após ano. “A Afya tem o propósito de combinar formação de qualidade com uso intensivo de tecnologia, em todas as fases da carreira do médico. O ambiente digital e a aquisição das healthtechs contribuíram para que conseguíssemos avançar neste sentido. Com isso, a demanda por novos talentos cresce na mesma proporção. Queremos cada vez mais atrair esses profissionais para seguir construindo essa trilha de sucesso e melhorando a saúde e a educação em todos os cantos do Brasil”, afirma o executivo.

Del Bianco complementa que para a aproximação com este nicho, a Afya tem intensificado a presença em eventos, fóruns e capacitações especiais, como o TDC e Health Business Summit. 

Consolidação dos negócios em 2021

A robustez da estratégia da Afya foi celebrada nos resultados do balanço financeiro em 2021. Dois indicadores confirmam a consolidação dos negócios: os 16.017 alunos de graduação em medicina matriculados nas 30 unidades pelo país — crescimento de 45.2% em relação a 2020 — e as 2.759 vagas de medicina autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Em outros cursos da saúde, a Afya atingiu 19.882 alunos em 2021, além de 25.219 alunos em outras áreas, totalizando 61.118 alunos de graduação. A presença nos serviços digitais, segmento no qual entrou em 2020, alavancou a operação. Atualmente, cerca de 33% dos médicos e estudantes brasileiros utilizam mensalmente os serviços digitais da Afya. São cerca de 248 mil usuários ativos por mês, que impulsionaram um crescimento de 63.1% na receita líquida oriunda de serviços digitais.

O ecossistema digital da Afya é dividido em seis grandes pilares, onde estão distribuídas e interligadas às dez healthtechs adquiridas pela empresa: PebMed, Medphone, iClinic, Medicinae, Medical Harbour, Cliquefarma, Shosp, RxPRO, Além da medicina e recentemente, a Cardiopapers.

Grupo Alliar investe na ampliação do serviço de vacinação em suas unidades

Artigo anterior

Cinco tendências que irão nortear o setor de saúde neste ano pós-pandemia

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News