quarta-feira, maio 29, 2024
Home News Santa Casa de Curitiba cria centro de acolhimento em terapia canabinoide

Santa Casa de Curitiba cria centro de acolhimento em terapia canabinoide

por Redação
0 comentário

O Hospital Santa Casa de Curitiba inaugurou nesta segunda-feira, 12, o Centro de Acolhimento em Terapia Canabinoide, que vai oferecer acesso para pacientes e médicos sobre a prática do tratamento e medicamentos à base da cannabis medicinal. O desenvolvimento de tratamentos com cannabis medicinal é fruto da parceria da Santa Casa com a Startup Anna Medicina Endocanabinoide, empresa especializada no acesso e acolhimento para desenvolver os processos com a aplicação da cannabis medicinal.

O provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, Dom Diamantino Prata de Carvalho, salienta que a parceria da Santa Casa com a Anna é mais uma das conquistas protagonizadas pela instituição que está sempre em busca do desenvolvimento de novas tecnologias e metodologias em prol dos enfermos. “A perseverança de um hospital inovador, moderno e humano fomentam a realização de nossos produtos e serviços como esse”, comenta.

“A Anna é a primeira empresa do setor a ter um espaço físico para atendimento completo de medicina endocanabinoide dentro de um grande centro médico, no qual pacientes e médicos poderão receber a orientação necessária sobre o canabidiol com uma consulta especial da nossa equipe de especialistas”, comemora Priscila Patitucci, CEO da Anna. “Além disso, vamos promover trocas de experiência constantes em encontros com a participação dos maiores pesquisadores da área. Tudo isso em um ambiente confortável e acolhedor”, complementa.

Cannabis medicinal

Estudos sugerem que o uso adequado de cannabis medicinal pode ajudar a aliviar a dor, melhorar a qualidade e a duração do sono e melhorar o apetite. Hoje existem mais de 35 mil evidências científicas que relacionam o tratamento com CBD (canabidiol) com a melhora nas condições de saúde e qualidade de vida.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma série de resoluções de diretoria colegiada (RDC) que autorizaram a pesquisa científica, a prescrição médica, a comercialização e o consumo do CBD para fins medicinais e terapêuticos.

De acordo com Nivia Pereira de Souza, diretora médica corporativa da Irmandade da Santa Casa de misericórdia de Curitiba, reforçar a importância da cannabis medicinal para o tratamento de doenças crônicas é uma questão de saúde pública. “Atualmente, contamos com estudos que comprovam a eficiência da cannabis medicinal para tratamento ou alívio de muitas condições médicas”, diz.

Nivia ressalta que a Santa Casa de Curitiba assume o compromisso de promover e ampliar o desenvolvimento de pesquisas científicas que contribuam para regulamentação e comprovação de tratamentos que utilizam a cannabis medicinal.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias