News

Rede Leforte vai atender Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

0

O Leforte é o novo hospital oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que acontece no dia 12 de novembro no Autódromo de Interlagos. A instituição ficará à frente dos cuidados médicos oferecidos aos pilotos e suas equipes do Autódromo de Interlagos durante o evento.

Reconhecido por sua expertise em grandes eventos esportivos – como Le Mans – 6 Horas de São Paulo (prova oficial da Federação Internacional de Automobilismo -FIA) e L’Étape by Le Tour de France, o maior evento de ciclismo amador da América Latina – o Leforte levará para Interlagos um Medical Center equipado com 2 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), 3 leitos de emergência – sendo um exclusivo para o tratamento de queimaduras –, farmácia, banco de sangue, laboratório de análises clínicas e equipamentos para exames de imagem.

O Centro Médico também contará com um posto de atendimento ambulatorial com 4 leitos e uma clínica oftalmológica. A estrutura permite o pronto atendimento de várias vítimas com a mesma qualidade e rapidez.

Os atendimentos envolverão cerca de 30 médicos de várias especialidades como neurologia, traumatologia, cardiologia, ortopedia e diagnóstico por imagens. O suporte será feito por 8 ambulâncias e um helicóptero especializado em resgate aeromédico. No total, a equipe do Leforte contará com mais de 120 pessoas capacitadas, incluindo enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos e socorristas. Todos serão liderados pelo médico Dino Altmann, que atua no campeonato há 27 anos.

Durante a assinatura do contrato, (foto) Altmann comentou sobre as novas medidas de segurança da F1, que se tornou mais veloz este ano, e sobre a proteção do cockpit, que está sendo avaliada pela Federação Internacional de Automobilismo.  Além disso, o Thumi, sofisticado software da Toyota, terá importância vital na prevenção de acidentes nas mais importantes modalidades do automobilismo esportivo.

Para o diretor clínico do Hospital Leforte, Dr. Mario Lúcio A. Baptista Filho, a experiência das equipes médicas da instituição em eventos esportivos de grande porte é o grande diferencial. “Essa expertise e a capacidade de nossos médicos em atuarem em situações que exigem decisões rápidas nos dá total segurança para Fórmula 1”, conta.

Todo o atendimento de ponta do Leforte terá apoio das unidades Liberdade e Morumbi, que estarão preparadas para o atendimento dos pacientes.

De acordo com Rodrigo Lopes, CEO do Leforte, a presença no GP Brasil de Fórmula 1 reforça a qualificação do hospital para eventos esportivos de grande porte. “Faz parte da missão do Leforte a promoção da saúde. Acreditamos que o esporte é um importante aliado da qualidade de vida e prevenção de doenças. Por isso, incentivamos sua prática e estamos preparados para atender casos dos mais diversos graus de complexidade”, explica.

“Com uma história de mais de 70 anos, o Leforte é resultado da união das marcas Bandeirantes e Leforte, ocorrida em maio. Referência em especialidades como neurologia, cardiologia e oncologia, traumatologia e pediatria, investe continuamente em inovação e tecnologia. Até o fim do ano a instituição terá processos totalmente digitais, medida que garantirá mais agilidade e segurança para seus pacientes. São 400 leitos e mais de 3.000 médicos prontos para oferecer atendimento humanizado e personalizado. Anualmente são realizadas 115 mil consultas, 235 mil atendimentos de urgência e emergência e mais de 17 mil cirurgias.

Takeda usa personagens Marvel para ajudar pacientes com doença inflamatória intestinal

Artigo anterior

Quando a Ficção se torna realidade na Saúde Digital – Parte 2

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News