NewsNewsletter

Startup de saúde digital encerra 2021 com mais de 2,5 milhões de teleconsultas realizadas

1

A pandemia acelerou a aceitação dos serviços de telemedicina em todo o Brasil. Apesar de não haver um número consolidado do setor, mais de 2,5 milhões de teleatendimentos foram realizados em 2021 apenas pela DOC24 – startup de saúde digital. Esse volume confirma o crescimento da demanda e a aceitação do serviço – tanto por pacientes, como por médicos – que enxergaram essa tecnologia como um meio mais seguro e prático de manter o atendimento à saúde.

Segundo a healthtech, entre as especialidades mais procuradas pelos pacientes estão clínica médica, pediatria, dermatologia, ginecologia, endocrinologia e cardiologia. Outro detalhe que chama atenção é o crescimento da demanda por teleatendimento em saúde mental, que é o atendimento online através da tela de um celular ou computador por um psiquiatra ou psicólogo.

Sem a necessidade de realizar qualquer tipo de exame, aliada a segurança e comodidade que uma consulta por vídeo pode oferecer, oito em cada dez pacientes migraram automaticamente do presencial para o online. Isso sem falar nas pessoas que passaram a sofrer com a necessidade de isolamento social para evitar a propagação da Covid e foram buscar apoio especializado.

“Pesquisas revelam que em mais de 90% dos casos é possível fazer o primeiro atendimento sem a necessidade de uma consulta presencial. Além disso, a possibilidade de ser atendido 24 horas, todos os dias da semana, são benefícios muito atraentes”, lembra Fernando Ferrari, diretor-geral da DOC24 no Brasil.

Para dar suporte a essa crescente demanda, ao longo do ano a empresa lançou alguns serviços que chamaram bastante a atenção do mercado. Um deles foi o WellnessTest, um serviço completo de monitoramento do bem-estar do paciente a partir da câmera do celular (ou outro dispositivo conectado) e das respostas a simples perguntas. Em apenas 30 segundos, a inteligência artificial é capaz de compreender e analisar dados como frequência cardíaca e respiratória; nível de oxigenação; índice de estresse; pressão arterial; riscos de doenças cardiovasculares e de AVC, entre outros apontamentos.

Outra novidade foi a Diagnóstica, uma linha de consultórios inteligentes equipados com a última tecnologia em conectividade e telemetria à distância. Sem a presença física de profissionais da saúde, mas contando com uma série de dispositivos agregados, o próprio paciente consegue fazer e enviar diversos exames ao seu médico, em qualquer lugar que ele esteja do planeta.

Por fim, a startup de saúde digital lançou um serviço que permite o teleatendimento de até três pessoas simultaneamente. A tela do celular ou do computador pode ser dividida em até três janelas, permitindo que mais pessoas participem da conversa, o que ajuda tanto os pais que querem acompanhar a consulta de seus filhos de forma simultânea ou a busca por uma segunda opinião médica.

Atualmente, a DOC24 possui operações também na Argentina, Peru, Colômbia e México, este último aberto recentemente e considerado estratégico pela proximidade com o mercado-norte americano. No Brasil, a empresa opera hoje em São Paulo, Campinas (SP), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG).

Suprevida aposta em investidores diversificados em rodada de captação

Artigo anterior

dr. consulta otimiza processos e reduz gasto mensal de emissão de 150 mil notas fiscais

Próximo artigo

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News