quarta-feira, junho 19, 2024
Home News Américas Amigas encerra 2023 com 15 mil exames de câncer de mama realizados

Américas Amigas encerra 2023 com 15 mil exames de câncer de mama realizados

por Redação
0 comentário

A Américas Amigas encerrou o ano de 2023 com atendimento direto e indireto de cerca de 13 mil pessoas em vulnerabilidade social de 11 estados brasileiros, para rastreamento de câncer de mama, o mais prevalente entre as mulheres em todo o mundo2. Somente no Estado de São Paulo, entre 27 de setembro e 17 de dezembro, pela unidade móvel de atendimento e diagnóstico e por clínicas parceiras, a Américas Amigas atendeu 4.446 pessoas em vulnerabilidade social de 11 localidades, num total de 56 dias de atendimento. Nesse período, foram realizadas 4.839 mamografias, 433 ultrassonografias das mamas, 74 exames clínicos e emitidos 4.327 laudos médicos.

Pesquisas indicam que, quando o câncer de mama é diagnosticado em fase inicial, as chances de cura chegam a 95%3. A. Américas Amigas segue as recomendações de sociedades médicas nacionais e internacionais, de inicio de rastreamento de câncer de mama em mulheres a partir dos 40 anos de idade.

Fundada em 2009, em 14 anos de atuação, a Américas Amigas doou 23 mamógrafos para serviços de saúde públicos e filantrópicos, viabilizou mais de 1,5 milhão de mamografias e cerca de 70 mil outros exames, além de promover mais de 35 mil horas de capacitação e treinamento para profissionais de serviços de saúde dedicados à detecção de câncer de mama.

Expansão

Este ano, a Américas Amigas tem como meta expandir suas ações de Doação de Exames e Capacitação e Treinamento para Profissionais de Serviços Públicos e Filantrópicos – a primeira ação de Unidade Móvel acontecerá em Montes Claros – MG, de 2 a 6 de fevereiro de 2024.

Para viabilizar as suas iniciativas a Américas Amigas conta com doações, patrocínios e apoios de empresas nacionais e internacionais e pessoas físicas. Para isso, mantém campanhas ativas ao longo do ano.

Em 2023, BB Seguros, Bloomberg, Calzedonia/Intimissimi, Coty/Monange, Estée Lauder, Evino, Keune, Natural One, Raia-Drogasil, Shopping Center Iguatemi, Subway e UBS Brasil – além das farmacêuticas Daiichi-Sankyo, Pfizer e Roche – foram alguns dos parceiros da ONG.

“O número de pessoas atendidas – e vidas salvas, consequentemente – nos enchem de orgulho e nos incentiva a ampliar, a cada ano, nossa atuação. Este orgulho compartilhamos com todos nossos parceiros, profissionais de saúde, colaboradores, voluntários e, muito importante, nossos apoiadores e patrocinadores, que viabilizam nossa ação e acreditam, assim como nós, nessa iniciativa, de prover acesso gratuito a diagnóstico de câncer de mama para populações em vulnerabilidade social”, afirma Andrea V. Pereira, CEO da Américas Amigas.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias