sexta-feira, abril 19, 2024
Home News Hospital Moinhos de Vento implementa IA em unidade de radioterapia

Hospital Moinhos de Vento implementa IA em unidade de radioterapia

por Redação
0 comentário

Cada vez mais, a inteligência artificial tem se tornado uma forte aliada da saúde, otimizando fluxos e qualificando procedimentos. Recentemente, a Unidade de Radioterapia do Hospital Moinhos de Vento implementou a tecnologia RapidPlan, com o intuito de qualificar o tratamento de casos de câncer de próstata, cabeça e pescoço.

Segundo a física médica do Moinhos de Vento Francine Xavier da Silveira dos Santos, a ferramenta contribui para o aprimoramento dos planejamentos de radioterapia. “O algoritmo aprende como é a distribuição de doses baseado em uma biblioteca de planejamento previamente aprovada e de alta qualidade, proporcionando a distribuição de doses e replicando nos próximos casos”, esclarece.

De acordo com a especialista, o sistema garante um padrão de qualidade nos planejamentos, baseado nos padrões desenvolvidos no Hospital Moinhos de Vento. “A ferramenta também possui uma biblioteca de distribuição de doses com a expertise de outras instituições de radioterapia importantes no cenário internacional”, relata Francine, lembrando que o Moinhos de Vento possui um modelo próprio para os tratamentos de câncer de próstata, cabeça e pescoço.

Outros benefícios são a otimização do fluxo de trabalho e a garantia de um planejamento de qualidade, já em sua primeira utilização, permitindo a entrega de um plano ao médico mais rápido, com resultados consistentes e de qualidade. “Ocorre uma constância para a radioterapia e reduz a variabilidade entre planejamentos, uma vez que estamos nos baseando em uma prática clínica de referência e que otimiza o tempo de trabalho dos profissionais, em especial da equipe de física médica”, detalha Francine.

A também física médica do Moinhos Ana Cristina Leoni acrescenta que o RapidPlan se utiliza de informações pré-definidas para criar um plano de tratamento personalizado de cada paciente, baseado no conhecimento e na experiência dos usuários. “Com um banco de dados de anatomias e de planos de tratamento selecionados, a IA entende o padrão e a qualidade dos planejamentos de tratamentos realizados pela instituição e reproduz esse padrão de qualidade”, explica.

É possível, inclusive, gerar planos de alta qualidade em minutos, tornando o fluxo de trabalho muito mais eficiente. “E como o RapidPlan parte do conhecimento extraído de um banco de dados, ele entrega planos com padrão de qualidade preconizado pela equipe de Física da instituição, reduzindo a possível variabilidade de diferentes planejadores”, conta a profissional.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside