GestãoNewsletter

Unimed Belém aprimora atendimento à população

0

A Unimed Belém, parte integrante da maior cooperativa de saúde do mundo (Sistema Unimed), inaugura o terceiro hospital da rede, o Unimed Prime – o qual contará com recursos de virtualização para agilizar atendimento aos pacientes. A rede regional de Belém dispõe de dois mil médicos nas unidades assistenciais e esse número deve crescer cerca de 10% com a inauguração do novo hospital. O Unimed Prime contará com ambiente bastante moderno e terá recursos para acesso virtualizado com performance e segurança através da tecnologia da Citrix – empresa de tecnologia que também foi adotada por 60% das estruturas da rede (dois hospitais, dois Pronto Atendimento e 10 unidades administrativas). Hoje, a Unimed Belém possui mais de 1.500 funcionários utilizando os recursos da Citrix.

A Unimed Belém contou com o apoio da integradora Diferen/TI na implementação deste novo projeto. A adoção da Citrix nesta rede começou há quatro anos, quando surgiu a necessidade de adotar uma plataforma que trouxesse agilidade e simplicidade na gestão de TI e que, em caso de intercorrências, reduzisse o tempo de paralisação no atendimento aos pacientes.

“O projeto começou com o Hospital Pediátrico (HPU). Na época, avaliamos várias soluções e optamos pela Citrix pela facilidade de gestão e operação da área de TI, além da garantia da segurança no acesso às aplicações e às informações corporativas. Ainda, se um funcionário tem uma ocorrência no dispositivo, ele simplesmente faz a troca de equipamento e dá continuidade ao trabalho, sem paralisação. Atualmente, o tempo de paralisação é realmente muito baixo”, comemora André Neves, gerente de TI da Unimed Belém.

Atendimento remoto

 A virtualização operacional da Unimed Belém permitiu o atendimento remoto durante a pandemia, quando houve a necessidade de mover 500 funcionários dos escritórios para casa de um dia para o outro. “Belém foi uma das cidades mais afetadas do Brasil e pudemos contar com as soluções da Citrix para uma migração sem falhas ou intercorrências dos nossos funcionários ao home office. Trabalhamos de forma remota e os profissionais conseguiram se conectar ao ambiente corporativo de forma tranquila, segura e ágil, obtendo acesso a todos os recursos, aplicações e informações por meio de diferentes dispositivos”, relata Neves.

O espaço de trabalho digital da Citrix também possibilitou o atendimento remoto de alguns médicos que trabalham em laudos a partir de imagens e precisavam de um ambiente robusto para ter acesso de qualidade aos exames. Com a virtualização, essas imagens são processadas na nuvem e entregues por meio da ferramenta Citrix em qualquer dispositivo.

Benefícios do espaço de trabalho digital na Unimed Belém

O projeto de modernização da Unimed Belém pretende expandir a utilização do espaço de trabalho digital da Citrix a todas as unidades de saúde nos próximos dois anos. Essa necessidade já vem sendo solicitada pelos profissionais de saúde que atuam em mais de uma unidade e sentem a diferença que o sistema faz no atendimento diário.

“O usuário conhece os benefícios da plataforma, os médicos que trabalham em mais de uma unidade reivindicam a instalação do Citrix nas demais porque eles conseguem ter uma performance mais linear ao longo de todo atendimento e podem atender aos pacientes em menos tempo em função desse bom desempenho”, revela Neves.

Outro benefício apontado de trocar um modelo tradicional para o modelo Citrix foi em relação às despesas com energia elétrica. Neves estima que, virtualizando o ambiente e possibilitando o uso de thin clients, houve uma redução de 10% nos gastos mensais, um valor que, segundo ele, acabou cobrindo o investimento com a solução Citrix.

Além disso, a tecnologia resolveu o problema de perda de trabalho que havia com as frequentes falhas de energia elétrica na região. Sem o espaço de trabalho digital, o usuário perdia tudo o que estava fazendo quando havia uma queda de energia. Já com o Citrix, todo o trabalho continua intacto e disponível após a queda.

Hoje em dia, a Unimed Belém roda todas as aplicações dentro da plataforma Citrix, como o software de ERP, call center, softwares próprios e aplicações de escritório. “Estamos extremamente satisfeitos com a Citrix pela rapidez, eficiência e facilidade no gerenciamento de TI, além do quesito segurança. Com a Citrix não me preocupo com o que o usuário está instalando na ponta, se o antivírus e o sistema operacional dele está atualizado, entre outras coisas”, finaliza Neves.

“Ficamos muito satisfeitos em poder ajudar a Unidade Belém com maior produtividade dos profissionais de saúde e melhor performance no atendimento dos médicos à população. Acreditamos que as empresas de sucesso são aquelas que empoderam seus usuários a trabalhar de qualquer lugar, com qualquer dispositivo e qualquer aplicação”, pontua Luciana Pinheiro, diretora geral da Citrix Brasil.

ONA e Einstein lançam pós-graduação

Artigo anterior

WhatsApp é a nova facilidade do Panvel Clinic

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão