terça-feira, março 5, 2024
Home News Site da Boston Scientific traz QUIZ para ajudar paciente a identificar nível de dor crônica

Site da Boston Scientific traz QUIZ para ajudar paciente a identificar nível de dor crônica

por Redação
0 comentário

No Brasil, cerca de 40% da população sofre com dores crônicas, segundo o Ministério da Saúde. Para ajudar essas pessoas a entenderem melhor sua condição, a Boston Scientific do Brasil, empresa líder mundial em dispositivos médicos, desenvolveu um QUIZ com sete perguntas direcionadas a quem sente dor por mais de seis meses, disponível em seu novo site: existevidasemdor.com.br.

Uma das perguntas diz respeito ao nível de dor, apresentando 10 opções que variam desde o grau mínimo, caracterizado por uma sensação quase imperceptível, até o extremo insuportável, quando a pessoa se encontra acamada e tem a sensação de poder perder a consciência devido à intensidade da dor. Posteriormente, o usuário identifica os locais específicos da dor em um modelo virtual.

Outras perguntas envolvem se a pessoa experimenta algum alívio quando se apoia em algo, se inclina ou se senta; se já usou ou está utilizando alguns dos tratamentos sugeridos, como massagens, cirurgias ou bloqueios; e se já está sob os cuidados de um especialista em dor. A partir daí, ela preenche alguns dados pessoais para ter acesso aos resultados.

Caso possa ser candidata a uma das terapias para dor crônica da Boston Scientific, a pessoa tem a oportunidade de agendar uma consulta clicando no botão “Encontre um Médico Especialista”, tendo acesso a uma lista de médicos especializados listados com base na geolocalização do paciente. O agendamento pode ser feito pelo próprio site, por meio de uma integração com o parceiro Doctoralia, ou pelo WhatsApp, com atendimento do concierge da saúde.

“A dor crônica pode ter diferentes causas e percepções individuais, por isso, é extremamente importante que o paciente busque um médico especialista, capaz de avaliar e indicar as melhores opções de tratamento disponíveis”, ressalta Lucas Silva, Diretor de Neuromodulação da Boston Scientific.

Soluções

A terapia mais adequada depende do tipo de dor e de como as funções da pessoa estão sendo afetadas. Entre as terapias intervencionistas, que oferecem alívio duradouro de forma minimamente invasiva para dores crônicas neuropáticas, estão a Estimulação Medular (SCS) e a Ablação por Radiofrequência (RFA), ambas cobertas pelos planos de saúde.

A RFA é um procedimento minimamente invasivo que usa energia térmica para interromper os sinais de dor em sua origem. Já a SCS envia sinais elétricos para o cérebro através de um dispositivo implantado na medula espinhal, interrompendo a percepção da dor em minutos.

Em um estudo clínico realizado com pacientes que possuem os dispositivos de SCS da Boston Scientific há pelo menos 2 anos, foi reportada uma melhora na prática de atividades do cotidiano entre 47% e 78% superior aos pacientes com dispositivos similares do mercado.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside