GestãoInovaçãoNewsletter

Dasa cria novo modelo de gestão e tecnologia para aperfeiçoar a jornada do paciente

0

Com a união com o grupo Impar e GSC em abril passado, a Dasa tornou-se uma só empresa, posicionando-a como uma das maiores companhias do mercado, com uma rede completa de serviços médicos e de saúde do país, com objetivo de proporcionar uma experiência efetivamente integrada de gestão da saúde, colocando as pessoas – médicos e pacientes – no centro das decisões, viabilizando o cuidado certo, na hora certa, em todas as etapas da jornada do paciente e em todos os momentos da vida.

Além disso, visa estimular o mercado a ganhar mais agilidade, eficiência e sustentabilidade, utilizando a tecnologia e inteligência de dados em prol de uma gestão que gera valor em toda a cadeia.

Para viabilizar essa integração, a Dasa construiu um data lake para consolidar os dados de todo o ecossistema, centralizando-os no aplicativo NAV, uma nova e única plataforma que empodera e facilita a jornada das pessoas no cuidado da saúde.

Segundo Danilo Zimmermann, diretor geral de Tecnologia e Transformação Digital, a organização fez um investimento entre 2018 a 2020 da ordem de R$ 1,56 bilhão, resultando num dos maiores data lakes proprietários do setor de saúde hospedado no Google Cloud, com 5 bilhões de dados, com mais de 50% das informações interoperáveis, seguindo todas as premissas da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. “O novo modelo de atuação prevê, ainda, que uma pessoa que usufruir os serviços da rede de saúde integrada da Dasa terá seus dados consolidados e disponíveis em uma plataforma de navegação inteligente”.

Para promover essa transformação digital, ela promoveu uma mudança cultural com a criação de squads (hoje são 72) o Dasa EXP, que atua como células ágeis com mais de 400 colaboradores, que se somado com os profissionais de produtos e de UX – User Experience chega a mil colaboradores, que praticamente a cada duas semanas fazem uma nova implantação ou aperfeiçoamento da tecnologia.

Inteligência Artificial

Hoje, dentro da Dasa existe um time dedicado exclusivamente ao tema inteligência artificial (IA), criando modelos, validando algoritmos e integrando dados na prática para otimizar o dia a dia dos médicos, oferecer medicina de precisão e a melhor experiência para os pacientes. Atualmente existem 10 algoritmos de IA em funcionamento e há outros 16 projetos em andamento. Os desenvolvedores evoluíram da área da radiologia para a patologia e já começam a se foca na genômica.

A partir do uso de algoritmos, a Dasa já é capaz de :alertar médicos sobre pacientes pré-diabéticos para evitar o agravamento da doença; criar um modelo de score em que é possível prever o “no show” de pacientes (ou ausência do cliente pacientes), trazendo inteligência e eficiência para o atendimento; laudar exames pediátricos que informam se o crescimento ósseo do paciente está seguindo a curva esperada e com isso vários tratamentos podem ser antecipados; predizer o risco de agravamento da Covid a partir de cruzamento de dados clínicos e análise de exames de imagem; entre outras iniciativas.

Também está implementando a Telepatologia, que vai permitir além de gerar laudo, monitorar o paciente em casa com mais eficiência.

A Dasa também está usando IA para implantar o conceito de web checking, que possibilita o cadastro remoto e uma experiência única, sem contato, pelo qual o paciente ao adentar numa unidade de atendimento será automática direcionado ao local do exame, sem passar por uma portaria ou recepção.

Academia de Tecnologia

A capacitação tem um papel fundamental na estratégia de crescimento da Dasa, motivo pelo qual está anunciando nessa segunda-feira, 28, a criação da Academia da Tecnologia, em parceria com a Universidade Dasa e players de tecnologia, um programa avançado de liderança customizado para uma carreira sênior em gestão ou tecnologia, dentro do modelo de carreira em Y.

Além da ampliação do perfil técnico, oferecerá certificação em parceria com plataformas educacionais como Allura e Degree.

Zimmermann ressalta que a Dasa está construindo um modelo que integra todas as etapas da jornada de cuidado, da prevenção e atenção primária à medicina de alta complexidade, proporcionando à sociedade uma medicina mais preditiva, personalizada e acessível

Ecossistema Dasa em números

*São mais de 40 mil colaboradores;

*Relacionamento com 250 mil médicos;

*Atendimento a mais de 20 milhões de brasileiros por ano, o que significa aproximadamente 10% da população;

*Processamento de mais de 260 milhões de exames realizados em mais de 900 unidades em todo o país por meio de 59 marcas de medicina diagnóstica, hospitais e marcas B2B.

DB cresce 27% com recordes de 500 mil exames por dia

Artigo anterior

Fórum Saúde Digital começa nesta terça-feira

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão