sexta-feira, abril 12, 2024
Home Gestão Hospital capixaba reduz em 50% o uso de papel no setor de imagem

Hospital capixaba reduz em 50% o uso de papel no setor de imagem

por Redação
0 comentário

Traduzir o fluxo de documentos físicos através de softwares pode trazer inúmeros benefícios financeiros, sustentáveis e operacionais no contexto hospitalar. Foi pensando nisso que o Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV), no Espírito Santo, referência no atendimento de urologia, oftalmologia, bariátrica, transplantes e tratamentos de doenças renais e cardiovasculares no país, aderiu às medidas para a transformação digital na sua unidade e cortou pela metade o uso de papel no setor de diagnóstico por imagem e endoscopia.

O Hospital Evangélico de Vila Velha é uma unidade filantrópica e foi fundado pela Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (Aebes) em 1972. A unidade hospitalar realizou mais de 13 milhões de procedimentos nos últimos 50 anos.

Após a implantação do projeto no setor de Imagem da unidade hospitalar houve redução de gastos com o espaço físico e redução em 50% na utilização de papel.

A adesão das ferramentas tecnológicas permitiu a autenticação da assinatura do paciente através do tablet, com o envio da documentação via e-mail. Além disso, as informações captadas são integradas com o sistema de gestão do hospital. Com isso, os colaboradores conseguem ter mais eficiência e segurança nas informações dos pacientes.

“O volume da nossa documentação física de cinco décadas de funcionamento era bem alto, precisávamos utilizar ferramentas que estancasse a produção de ainda mais papel. Então, optamos por soluções de TI verde, que seja sustentável, permitindo a digitalização de documentos como o prontuário do paciente, além de ajudar a contribuir com a eliminação do papel. Esse é o início do projeto de transformação digital do HEVV”, explicou o gerente de TI do grupo Aebes, Eduardo Meiss Vidal.

Desde 2021, a instituição é parceira da Green Paperless e conta com apoio tecnológico de soluções que vão desde a recepção até a gestão de documentos e integração ao prontuário eletrônico do paciente (PEP), para dar agilidade nos processos administrativos do hospital.

“Tudo ficou mais simples e fácil. Os colaboradores estão muito mais satisfeitos. No atendimento da recepção do setor de Diagnóstico por Imagem e Endoscopia as entrevistas com os pacientes são feitas diretamente pelo tablet e os colaboradores conseguem ter uma eficiência maior e oferecer mais segurança para as informações de quem é atendido”, destaca Jorge Albuquerque, analista de sistemas do Hospital Evangélico de Vila Velha.

O avanço da tecnologia e a parceria com a soluções Green estão permitindo a constante melhoria da comunicação entre o hospital e as pessoas, otimizando os fluxos e os processos de atendimento. Sendo assim, o HEVV continua atualizando gradualmente os prontuários de seus pacientes para a digitalização de forma rápida, fácil e segura.

“O exemplo do Hospital Evangélico de Vila Velha é um dentre tantos do movimento de transformação digital na saúde brasileira. Com menos papel circulando, além do impacto sustentável, temos também um cenário moderno e contínuo para o paciente, com todas as informações digitalizadas para aquele atendimento ou para os próximos”, explica Genilson Cavalcante, CEO da Green Paperless.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside