sexta-feira, abril 19, 2024
Home Artigos Dados na área da saúde: entenda o conceito de Health Data Analytics

Dados na área da saúde: entenda o conceito de Health Data Analytics

por Colaboradores
0 comentário

A transformação digital mudou a maneira como consumimos música, nos alimentamos, nos entretemos e, por que não mudar a maneira como nos relacionamos com a nossa saúde? Impulsionada pela pandemia, a área da saúde começou a entender que a análise de dados de maneira acionável traz benefícios para todos e possibilita inovar nos mais diferentes processos, desde a prevenção até o desenvolvimento de tratamentos mais individualizados.

A partir dessa necessidade de oferecer serviços cada vez mais eficazes, reduzir as ineficiências operacionais e proporcionar uma experiência mais satisfatória, tanto para os profissionais quanto para os pacientes é que surge o Health Data Analytics, também conhecido como análise de dados clínicos ou de saúde. Esse conceito envolve a coleta e análise de informações acionáveis ​​a partir de conjuntos de dados gerados pelos pacientes, geralmente coletados por meio de registros eletrônicos.

A utilização de dados acionáveis na saúde é pensada para procurar insights e padrões sobre como viabilizar a prevenção de doenças ou antecipar alguma necessidade. Esses dados ajudam a encontrar o padrão mais assertivo e passível de uma melhoria efetiva na vida desses pacientes. A Lei Geral de Proteção de Dados demanda esforços para garantir a proteção e segurança de dados pessoais e sensíveis no Brasil. Por isso, é importante ressaltar que as empresas devem ser 100% responsáveis com a utilização dos dados de seus clientes.

Benefícios da transformação digital para humanização do atendimento médico

Muitas pessoas temem que a digitalização e a tecnologia sejam antagônicas ao atendimento humanizado. No entanto, o acesso às análises e dados ajudam os médicos a tomarem melhores decisões e se dedicarem com mais atenção aos seus pacientes.

Com a tecnologia, o monitoramento e análise de informações acionáveis a área de saúde passa a compreender as demandas do novo consumidor e a utilizar dados a fim de trabalhar de forma preventiva, tratando de fato a saúde dos beneficiários, e não a doença.

A importância de atrelar dados às ações

Mais do que monitorar e interpretar dados, é necessário ter ações, playbooks e réguas de comunicação muito bem definidas para que os estes se transformem em resultados. A área da saúde tem muitas oportunidades para a análise de dados, isso porque muitos deles já são registrados e armazenados, mas ainda não são utilizados de forma assertiva a fim de gerar ações preventivas nos beneficiários. Analisar dados é apenas o começo, existem diversas ações que devem, de fato, guiar o beneficiário a partir do momento em que é feita sua segmentação.

Quem eu vou priorizar? Em quais pacientes eu vou atuar agora? Qual é o momento correto? É fundamental definir corretamente essa jornada do beneficiário utilizando seus dados a favor de si próprio, provendo prevenção e melhorias em sua qualidade de vida. Ação certa, no beneficiário correto, no momento mais adequado.Essa análise de dados pode ajudar as organizações de saúde a alcançarem resultados progressivos e escaláveis.

Mateus Pestana, cofundador e CEO da SenseData.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside