segunda-feira, julho 15, 2024
Home News Gilead Sciences investe US$ 4 milhões para apoiar uma resposta mais forte ao HIV na América Latina e no Caribe

Gilead Sciences investe US$ 4 milhões para apoiar uma resposta mais forte ao HIV na América Latina e no Caribe

por Redação
0 comentário

A Gilead Sciences, Inc., anunciou hoje que concedeu US$ 4 milhões em subsídios a 35 organizações comunitárias que combatem o HIV em toda a América Latina e no Caribe. O programa Zeroing In: Ending the HIV Epidemic in Latin America and the Caribbean da Gilead irá acelerar a resposta ao HIV através do financiamento de programas inovadores e de base comunitária que proporcionam prevenção e cuidados com o HIV em 21 países em toda a região.

“As necessidades de prevenção e cuidados das pessoas com o HIV em toda a América Latina e no Caribe são incrivelmente diversas e cada um destes programas aborda um desafio comunitário único”, disse Carmen Villar, Vice-Presidente de Doações Corporativas da Gilead Sciences. “Os nossos beneficiários estão profundamente enraizados em suas comunidades e mais bem posicionados para fornecer os cuidados necessários e os serviços de apoio ao HIV. A sua experiência será essencial para alcançar os objetivos do programa Zeroing In de melhorar o acesso a cuidados abrangentes entre as populações prioritárias, diminuindo o estigma relacionado ao HIV e reduzindo as desigualdades mais amplas na saúde.”

“Nós, do Fundo Positivo ficamos extremamente felizes com a aprovação do nosso projeto, na medida em que, neste ano de 2024, o Fundo Positivo completa 10 anos de existência e elegemos como tema central e estratégico a Longevidade de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS e Envelhecimento com Qualidade de Vida”, conectando-se diretamente com o tema do projeto selecionado pela GILEAD: enfrentamento ao estigma”, celebra Harley Henriques, Fundador e Coordenador Geral do Fundo Positivo. “Não podemos pensar em qualidade de vida e longevidade com estigma. Assim, faz-se necessário construir uma política nacional de enfrentamento ao estigma e discriminação por meio, sobretudo, da participação das comunidades de base, para que possamos enfrentar todos os atos de discriminação, estigma e violação de direitos, no que diz respeito às pessoas vivendo com HIV/AIDS, para que possam viver com qualidade de vida e exercer sua cidadania plena. Para tanto, trabalharemos com a rede Nacional LGBTQIA+ e a Rede Nacional de Mulheres Vivendo com HIV/AIDS, além das comunidades de base em todo território nacional.”

A Gilead conduziu um rigoroso processo de avaliação das candidaturas, tendo em conta vários critérios na seleção dos projetos, incluindo o impacto previsto do programa; populações-chave atendidas; até que ponto os projetos abordaram os desafios locais do HIV; diversidade geral e representação geográfica. Os destaques dos programas beneficiários de subsídios incluem:

Divulgação digital inovadora para apoiar homens que fazem sexo com homens (HSH) – a Asociación Panamericana de Mercadeo Social (PASMO) empregará estratégias digitais para envolver jovens HSH de difícil acesso em Manágua, Nicarágua, com testes de HIV, prevenção e cuidados abrangentes.

Advocacy e educação para melhorar os cuidados de HIV nas prisões – a Fundación Génesis, em parceria com a Health through Walls, irá liderar um projeto regional utilizando a plataforma virtual de aprendizagem e educação entre pares de alto impacto do Projeto ECHO para capacitar os médicos, as pessoas que estão encarceradas e suas famílias, para reduzir as barreiras aos cuidados de HIV.

Campanha nacional para apoiar os direitos das pessoas que vivem com o HIV – a Fundación por una Sociedad Empoderada lançará uma campanha de comunicação para divulgar informações sobre prevenção e cuidados com o HIV e aumentar a conscientização sobre os direitos das pessoas que vivem com o HIV na Argentina ao abrigo da nova lei do país sobre o HIV.

Micro subsídios para grupos comunitários para reduzir o estigma e a discriminação do HIV – Um projeto colaborativo entre o Fundo Positivo, a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), a Rede Trans Brasil e as Redes Nacionais LGBTQIA irá promover a defesa de pessoas em risco ou que vivem com HIV, fornecendo micro subsídios para apoiar 10 organizações comunitárias de base que prestam serviços para HIV e organizando um seminário nacional sobre a redução do estigma e da discriminação.

Testes integrados e ligação com os cuidados de HIV, hepatite e sífilis – a Meson de la Misericordia Divina A.C. realizará testes rápidos entre populações-chave em Jalisco, México, para apoiar o diagnóstico de HIV, o vírus da hepatite B e C e sífilis, e fornecer apoio de acompanhamento para vincular as pessoas ao tratamento ou à prevenção biomédica do HIV.

Capacitação legal para desmantelar barreiras de direitos humanos para pessoas com HIV – Comunidades Vulneráveis do Caribe fornecerão formação em letramento jurídico para pessoas com HIV e formarão e enviarão gestores de casos comunitários e/ou paralegais para ajudar a superar barreiras discriminatórias à prevenção e tratamento do HIV em Hispaniola (República Dominicana e Haiti).

Este novo financiamento para a América Latina e o Caribe baseia-se em US$ 24 milhões concedidos anteriormente pela Gilead por meio de seu principal programa Zeroing In™, que apoia organizações em todo o mundo para reduzir disparidades de saúde, melhorar o acesso a cuidados de saúde de qualidade, promover a educação médica e apoiar comunidades locais.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside