InovaçãoNewsletter

Lojas Renner lança Hackathon do Bem para a saúde

0

Comprometida em apoiar hospitais e equipes médicas no combate à Covid-19, a Lojas Renner está lançando o Hackathon do Bem, por meio do Circuito, programa da companhia que promove trocas de experiência com startups de educação e inovação para desenvolver talentos e estimular o trabalho colaborativo.

Com organização da Eureca, consultoria focada em soluções de RH, e da 08, consultoria de estratégias, plataformas e programas educacionais de inovação, a maratona é 100% digital e propõe o desafio de conectar instituições hospitalares com a rede de saúde e suas cadeias de fornecedores, incentivando o surgimento de projetos de inovação que possibilitem uma melhor gestão de estoques e a otimização do ciclo (lead time) de produtos e serviços.

As inscrições para o Hackathon do Bem estão abertas até esta segunda,11, no site da Eureca (http://oportunidades.eureca.me/#!/op/hackdobem). A ação é voltada para estudantes e profissionais motivados em contribuir com o cenário atual, e com conhecimentos principalmente nas áreas de Saúde, Tecnologia/Desenvolvimento, Design, Negócios, Logística (Supply Chain) e Data Science.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas individualmente ou em grupos de 5 a 7 pessoas, em uma das duas categorias: Gestão de Informação (pretende solucionar a dificuldade na gestão de resultados de exames, disponibilidade de leitos e controle de insumos hospitalares); e Comunicação com Fornecedores (focada na busca de alternativas para o mapeamento de toda a rede de fornecimento e encurtamento dos tempos de entrega de insumos).

O objetivo é formar 10 times multidisciplinares a partir da seleção dos participantes inscritos. A maratona acontecerá entre os dias 16 a 24 de maio, com encontros virtuais diários, e terá mentorias com lideranças técnicas da Lojas Renner e profissionais da saúde.

O Hackathon do Bem irá premiar três equipes, levando em conta os seguintes critérios: aplicabilidade do projeto; qualidade e avanço no desenvolvimento conceitual do protótipo; e a viabilidade de execução real da solução desenvolvida.

O time vencedor terá o projeto pré-incubado por um período de 6 meses no polo tecnológico da Unisinos, ganhará 100% de bolsa para cursos de pós-graduação online da FGV e assinatura gratuita do HSM Management por dois anos. Para obter mais informações e acessar o regulamento da maratona, acesse: http://oportunidades.eureca.me/#!/op/hackdobem.

Covid-19: Impressão 3D ajuda na fabricação de escudos faciais

Artigo anterior

Pesquisadores brasileiros lançam software para ajudar no combate ao Coronavírus

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar