InovaçãoNewsNewsletter

Teladoc Health e WAVY Global criam chatbot para atendimento médico gratuito via WhatsApp

0

Um estudo da McKinsey & Company, realizado em meados de março deste ano, constatou que um em cada três pacientes cancelaram as próximas consultas médicas devido à COVID-19. Aproximadamente a mesma porcentagem (30%) disse que estaria interessada em fornecedores que oferecem consulta online e à distância. A partir disso, a Teladoc Health e a WAVY Global, empresa do Grupo Movile, se uniram para lançar um chatbot de atendimento médico com acesso gratuito a pessoas em situação de vulnerabilidade.

O serviço estará disponível pelo WhatsApp, por meio de mensagem de texto, inicialmente das 07h às 23h, e o grande diferencial em relação a outras plataformas é a transferência da conversa para um humano, passando primeiro para um enfermeiro, e caso seja identificada necessidade, segue para um médico. A iniciativa tem o propósito de dar suporte para quem não tem condições de pagar por uma consulta e não a consegue nos hospitais públicos, devido à superlotação. Os usuários poderão acessar o bot por meio do WhatsApp, utilizando o número 0800-835-2362.

O produto, que vem de uma demanda do mercado, foi desenvolvido em tempo recorde. Para Alfredo Bitencourt, Commercial Manager na WAVY, o maior desafio enfrentado foi o curto período que tinham para o trabalho, dado o cenário de urgência da COVID-19. “Este é um momento no qual as empresas precisam agir rápido. Na WAVY trabalhamos para criar experiências para as pessoas, começando por nossos clientes. Temos uma equipe ágil, capaz de entregar soluções completas em pouco tempo, mesmo trabalhando remotamente. Este, inclusive, é um dos fatores muitas vezes decisivos, em especial em casos urgentes, como foi para a Teladoc, que se torna um serviço tão essencial em meio a pandemia”, pontua Alfredo.

A solução é uma opção para quem precisa de atendimento médico e contribui para que as pessoas não se desloquem de suas casas, já que o atendimento online descarta a necessidade de presença física em hospitais. Para Jimmy A. Ayoub, Diretor de Inovação e Produtos na Teladoc Health, a telemedicina já era uma tendência, e agora ganha ainda mais espaço com o isolamento social, sendo uma alternativa que não coloca as pessoas em risco, e também ajuda para não sobrecarregar atendimentos nos hospitais.

“Hoje não há força de trabalho suficiente no mercado para atender a demanda, e com o aumento de casos confirmados, consideramos que é o cenário correto para efetivar o serviço com um chatbot. Além de médicos na linha de frente, é necessário novas estratégias devido ao quadro inédito que o mundo está vivendo”, explica Jimmy. A Teladoc Health teve aumento de 400% na procura por consultas, depois da segunda quinzena de março.

“Os chatbots inteligentes são uma solução versátil que podem automatizar, não somente a telemedicina, mas também diversos segmentos de mercado. A WAVY possui uma variedade soluções de automação plugadas em canais conversacionais, que foram desenvolvidas para atender às necessidades de diversos segmentos de mercado e são adaptáveis para todo tipo de negócio”, finaliza Alfredo.

Pesquisa: 23andMe quer ampliar número de pacientes com Covid-19 para tentar desvendar papel da genética na doença

Artigo anterior

Covid-19: Neoris lança multiplataforma de telemedicina

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar