quinta-feira, abril 18, 2024
Home Inovação Hospital da Kora Saúde no Espírito Santo passa a oferecer transplante de medula óssea

Hospital da Kora Saúde no Espírito Santo passa a oferecer transplante de medula óssea

por Redação
0 comentário

Para os pacientes que estão em tratamento de doenças hematológicas graves, como leucemias, linfomas, síndromes mielodisplásicas ou tumores sólidos, podem ter indicação de um transplante de medula óssea (TMO), procedimento, agora, disponível no hospital Meridional Cariacica, da Kora Saúde.

O hospital Meridional Cariacica, que é referência nacional em transplantes de órgãos, está habilitado para realizar todos os tipos de TMO, sejam os autólogos (em que as células transplantadas são originárias do próprio paciente), alogênicos relacionados (doador familiar) e alogênicos não relacionados, quando é utilizado um doador não aparentado, cadastrado no Registro Nacional de Doadores (Redome).

De acordo com Philip Bachour, hematologista, especialista em Transplante de Medula Óssea e Coordenador do serviço de TMO do hospital capixaba, a disponibilidade deste serviço de alta complexidade já está presente em diversas redes espalhadas pelo Brasil  (já são mais de 2 mil transplantes por ano segundo a Hematology, Transfusion and Cell Therapy, publicação científica trimestral da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular), mas a iniciativa é novidade no Espírito Santo, na intenção de melhor atender os pacientes residentes no estado, evitando que tenham que se deslocar para outros estados para realizar o procedimento.

“Durante o tratamento do câncer, impactos sociais e psicológicos são muito evidentes para o paciente e para sua família. Por isso, manter o paciente em seu domicílio e próximo de sua família, com um serviço de excelência, é também humanizar o tratamento”, frisa.

Como tudo acontece na prática

De acordo com Bachour, ao admitir pacientes com leucemia – uma condição que atualmente afeta mais de 11 mil pacientes ao ano no Brasil, conforme os dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) – são realizados exames genéticos e moleculares para determinar a necessidade do Transplante de Medula Óssea. Posteriormente, prossegue-se com exames de compatibilidade e dá-se início à busca por doadores, a fim de se antecipar as demandas futuras.

Para atender da melhor forma a demanda atual, a unidade de TMO do Meridional Cariacica conta com uma infraestrutura de dez leitos, sistema de filtragem de água de torneiras e chuveiros, sistema de filtragem do ar com pressão positiva e filtro Hepa, que controla a umidade e temperatura de forma individualizada, cuidados que reduzem o risco de infecções graves nos pacientes durante o tratamento. O hospital conta, ainda, com uma equipe de especialistas em transplantes de medula óssea formada por hematologistas, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e odontologistas à disposição dos pacientes.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside