quarta-feira, maio 22, 2024
Home Inovação Avanços nos diagnósticos de câncer: exame de sangue com IA realiza detecção precoce de tumores

Avanços nos diagnósticos de câncer: exame de sangue com IA realiza detecção precoce de tumores

por Redação
0 comentário

A First Saúde anuncia uma parceria pioneira com a empresa de biotecnologia SeekIn, para introduzir a tecnologia OncoSeek no Brasil, uma inovação revolucionária na detecção e rastreamento precoce de câncer. Este exame representa um avanço significativo na medicina preventiva, sendo capaz de detectar precocemente mais de nove tipos de câncer – incluindo mama, cólon, fígado, pulmão, linfoma, esôfago, ovário, pâncreas e estômago – através de uma simples coleta de sangue.

Desenvolvido por Dr. Mao Mao, cientista de renome internacional e CEO da SeekIn, o OncoSeek é um marco na categoria MCED (Multi-Cancer Early Detection). Seu estudo clínico, abrangendo quase 10 mil pacientes, foi apresentado com destaque na Early Detection of Cancer Conference (EDCC) em Londres, em outubro de 2023, estabelecendo um novo padrão para o diagnóstico precoce de câncer.

A aprovação regulatória europeia foi concedida ao OncoSeek em 2022, sinalizando uma nova era no diagnóstico e tratamento do câncer, especialmente em países emergentes como o Brasil. O foco na detecção aumenta muito as chances de cura e sobrevida dos pacientes, como por exemplo no caso do câncer de colón onde a taxa de sobrevivência em 5 anos salta de 15% para 91% caso seja descoberto precocemente (Siegel, et al “Cancer statistics, 2022”, CA CANCER J CLIN 2022;72:7–33).

Segundo o Dr. Raphael Brandão, CEO da First Saúde, a faixa etária ideal para a realização deste exame ainda está em estudo. “Naturalmente acreditasse que o maior impacto será nas faixas etárias mais elevadas em função da maior prevalência do câncer. Entretanto, a inclusão de pacientes mais jovens na rotina de testagem anual não está descartada, tendo em vista o crescimento do diagnóstico oncológico no público abaixo dos 50 anos”, afirma. A fala se complementa com o artigo publicado pela revista Nature: “Why are so many young people getting cancer? What the data say” em março de 2024, que projeta um crescimento de 30% no diagnóstico para pessoas abaixo de 50 anos até 2030.

Outro aspecto importante é o fato dos protocolos de rastreio de câncer atuais estarem concentrados em alguns tipos de tumores. Um estudo da Sociedade Americana de Câncer descobriu que os cânceres sem testes de triagem disponíveis (incluindo pâncreas, fígado, cérebro, rim, útero e estômago) causaram quase três quartos (71%) das mortes por câncer nos Estados Unidos em 2021. Os testes de detecção precoce de múltiplos cânceres (MCED, da sigla em inglês) têm grande potencial para aumentar as opções de rastreio oncológico.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside