InovaçãoNewsNewsletter

FDA autoriza teste rápido que usa mesma tecnologia do teste de gravidez

0

Um teste COVID-19 que leva 15 minutos e pode ser executado sem equipamento de laboratório acaba de receber a autorização de uso de emergência pela Food and Drug Administration (FDA) norte-americana, que custará US$ 5 e funciona em um cartão simples que usa a mesma tecnologia de um teste de gravidez.

O teste, denominado BinaxNOW, é produzido Abbott. A empresa também está lançando um aplicativo que se sincroniza com os testes e dá às pessoas uma espécie de “passe digital de saúde” que podem exibir em seus telefones. O CEO Robert Ford disse em um comunicado que “a combinação do teste e do aplicativo oferece uma “solução de teste abrangente”.  A empresa planeja produzir 50 milhões de testes por mês até outubro.

“Devido ao seu design mais simples e ao grande número de testes que a empresa espera fazer nos próximos meses, este novo teste de antígeno é um importante avanço em nossa luta contra a pandemia”, disse Jeff Shuren, diretor do Centro de Dispositivos e Radiológicos da FDA Saúde, em comunicado.

O teste pode ser usado em consultórios médicos, salas de emergência e até mesmo escolas, de acordo com a declaração do FDA. Usa-se um cotonete nasal e, em seguida, a amostra do paciente é inserida diretamente no cartão BinaxNOW e uma linha colorida aparece se o teste for positivo para coronavírus.

BinaxNOW funciona detectando as pequenas proteínas na superfície do coronavírus, ao invés das sequências genéticas do próprio vírus. Os testes que procuram proteínas, chamados testes de antígenos, em vez do vírus tendem a ser menos precisos. Alguns pesquisadores, porém, argumentam que o teste frequente e barato com um teste menos preciso é a melhor maneira de controlar a pandemia de COVID-19.

A Abbott diz que o teste diagnostica corretamente uma infecção por coronavírus 97,1 por cento das vezes e retorna corretamente um resultado negativo 98,5 por cento das vezes.

A maioria dos testes COVID-19 disponíveis hoje devem ser enviados a um laboratório para análise. “Com um teste rápido de antígeno, você obtém um resultado imediato, tirando as pessoas infectadas das ruas e colocando-as em quarentena para que não espalhem o vírus”, disse Joseph Petrosino, professor de virologia molecular e microbiologia do Baylor College of Medicine, em uma declaração da Abbott.

RSMART anuncia medidor de temperatura inteligente

Artigo anterior

Faculdade de Enfermagem do Hospital Alemão Oswaldo Cruz recebe selo de qualidade do Cofen

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar