InovaçãoNewsletter

Libbs renova aposta em inovação aberta para além das healthtechs

0

A Libbs, farmacêutica 100% nacional, abriu inscrições para a segunda edição do programa de conexão com startups, scaleups (empresas capazes de crescer em escala)  e pequenas empresas, o Linna – Libbs Inovação Aberta. No ano passado, em seu lançamento, 185 startups foram mapeadas ou inscritas, gerando cinco projetos piloto e trazendo parceiros além do universo da saúde para soluções que impactam todo o negócio.

Na nova edição, o Linna mantém a porta aberta para inovação em todas as áreas da empresa, com desafios que vão desde tecnologias a favor das relações de trabalho remoto – a Libbs desativou sua sede administrativa em São Paulo e manteve o home office para os funcionários de escritório – até soluções que facilitem a busca e a solicitação de informações científicas por profissionais de saúde.

Para a Anna Paula Guembes, diretora de Inovação e Desenvolvimento do Negócio da Libbs, o primeiro ano de programa foi um processo de aprendizado contínuo e de mão dupla. “Aprendemos com as startups novos modelos de negócio, enquanto elas passaram a ter acesso aos recursos que a Libbs disponibiliza. Com o Linna, passamos a trabalhar ainda mais a inovação dentro da companhia, e notamos um imenso engajamento das equipes da Libbs”, diz ela.

Do total de startups inscritas em 2021, 26 participaram do pitch day, sete foram selecionadas para a etapa de imersão e cinco rodaram o projeto piloto. Foram oito desafios atrelados às demandas internas da empresa, como gestão de recursos ambientais e resíduos, digitalização de dados para prevenção de desvios produtivos e monitoramento de preços e reembolsos de medicamentos hospitalares.

Linna segunda edição

As inscrições para a segunda edição do programa Linna vão até 27 de maio. A ideia é superar os desafios apresentados durante o processo e entregar um bom resultado tanto para a companhia quanto para as participantes.

Os desafios propostos pela Libbs para este ano são:

  • Tecnologias a favor das relações de trabalho remoto
  • Inovação em treinamentos corporativos
  • Otimização da estrutura organizacional
  • Sistema automatizado para gestão de solicitações jurídicas
  • Sistema para controle de revisões de contratos
  • Verificação de vulnerabilidade de sistemas tecnológicos
  • Solução para busca e solicitação de informações médicas

A Libbs investe 10% do seu faturamento em pesquisa, desenvolvimento e inovação. Com parte desses recursos, o Linna – Libbs Inovação Aberta foi desenhado junto à Innoscience para conectar ideias e soluções inovadoras na área de saúde às demandas de negócio da empresa.

Um dos fundamentos do Linna é a remuneração das startups e scaleups parceiras. A empresa contratada recebe um fee mensal de acordo com a complexidade do projeto. Com isso, a empresa é capitalizada e tem condições de crescer e de se desenvolver.

Para saber mais sobre os desafios e o cronograma das atividades, da segunda edição do Linna, clique aqui

BoaConsulta ganha agilidade no atendimento e reduz custo com adesão à nuvem

Artigo anterior

Quase 60% das healthtechs já receberam algum investimento, aponta estudo

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar