GestãoNewsNewsletter

dr consulta acelera atendimento oftalmológico durante a pandemia

0

Ultimamente, a dra. Aline Couto, oftalmologista do dr.consulta, tem notado um aumento de consultas no centro médico, corroborado pelos dados dos atendimentos realizados pela healthtech. No primeiro semestre de 2021, houve 47 mil atendimentos oftalmológicos, um crescimento de 87% em relação ao mesmo período de 2020.

Em sua maioria, pacientes que buscam uma solução para problemas de visão. “Alguns nos procuram, pois não querem mais esperar pela fila no SUS (Sistema Único de Saúde)”, relata dra. Aline. Uma das probabilidades seria a suspensão das cirurgias eletivas no início da pandemia, e que acabou represando os atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas na rede pública. Entre as consultas que apresentaram alta procura estão as de catarata. Somente no primeiro semestre de 2021, foram realizadas 20% de consultas a mais do que no mesmo período de 2020. As cirurgias também tiveram um aumento. Foram realizadas 440 cirurgias, contra 277 no mesmo período do ano passado.

Manter as consultas de rotina em dia é importante para detectar a doença precocemente. Muito se fala que a catarata tem relação com o envelhecimento e que costuma aparecer bem mais a partir dos 60 anos, porém o dr.consulta identificou que 15% das cirurgias realizadas foram em pacientes com menos de 60 anos.

Os atendimentos na rede ganham destaque porque a telemedicina também contribuiu como um grande facilitador na jornada do paciente. Oftalmologia não é tão usual para uma consulta à distância, pois muitas vezes é preciso ver de perto o olho, mas em alguns casos, é possível detectar a catarata e já pedir exames pré-operatórios. Para a dra. Aline, a tecnologia é um grande diferencial nos atendimentos. “Com o prontuário eletrônico único, é possível ver se o paciente já passou em alguma outra especialidade, os exames já realizados e se há alguma enfermidade crônica em um único lugar. Assim, ele não precisa falar tudo de novo de seu histórico de saúde, o que já otimiza o atendimento”, avalia.

Outra alternativa que tem sido muito aplicada é a consulta presencial e o retorno, que não tem custo, à distância. “Para o paciente, é realmente muito prático, pois o retorno, muitas vezes, seria apenas para o médico ver os laudos dos exames e prescrever o tratamento, por isso ele não precisa despender tempo para o transporte. E ele recebe a prescrição médica eletronicamente, de forma segura, pelo aplicativo ou por e-mail”, complementa a oftalmologista.

Tecnologia em prol dos médicos

O corpo clínico do dr.consulta tem à disposição uma plataforma de última geração que o auxilia desde a escala médica até o desfecho clínico. Com o uso de Inteligência Artificial e mais de 300 algoritmos de decisão clínica, a healthtech criou todo um sistema de apoio aos médicos para facilitar o seu dia a dia e o atendimento aos pacientes.

dashboard permite ao médico analisar sua agenda, seus rendimentos, abrir e fechar escalas de trabalho, suas avaliações em pesquisas com os pacientes e comparar seu desempenho com outros profissionais que atuam na mesma especialidade. Caso um médico não esteja dentro do NPS (Net Promoter Score) desejado, o time de qualidade do dr.consulta o acompanha para identificar o ponto a ser melhorado.

O prontuário eletrônico, utilizado durante a consulta, traz guidelines com perguntas que o ajudam na condução da consulta, caso deseje. Assim, ele consegue agilizar o preenchimento dos dados e ter mais tempo de interação com o paciente, humanizando e aproximando mais o contato.

Hilab promove missão no Alto Xingu e realiza centenas de exames laboratoriais remotos

Artigo anterior

ANPD estuda práticas de proteção de dados no setor farmacêutico

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão