NewsNewsletter

Startup oferece solução para marcação de consultas

0

Esquecer data e hora da consulta médica ou do exame já não faz mais parte da rotina de pacientes de clínicas, hospitais e laboratórios que usam plataforma de confirmação. Uma delas, a Nina Tecnologia, desenvolveu uma solução de agendamento para consultas e exames que alerta o paciente e confirma a hora agendada. Isso é possível porque a plataforma utiliza recursos de inteligência artificial para reunir todas as informações que o paciente precisa saber sobre a consulta ou o exame, mesmo que a data tenha sido agendada de forma presencial, por telefone ou pelo site da empresa de saúde. 

Os lembretes sobre a confirmação de consultas são definidos previamente e realizados por WhatsApp, SMS, chamada telefônica ou e-mail, de acordo com o canal que o paciente escolher. A startup atua com clínicas, laboratórios, hospitais e operadoras de saúde e já confirmou mais de 10 milhões de consultas e exames para unidades de todo o Brasil.  

Aliada do setor da saúde 

A plataforma surgiu para diminuir a ausência de pacientes, um dos principais desafios de empresas que operam na saúde pública e privada, e que chega a consumir até 30% dos problemas de gestão. Além de fazer a confirmação, a solução também esclarece as dúvidas dos pacientes, ajudando-os a se prepararem para os exames. “Especialidade do médico, endereço da clínica e orientações pré-exames são enviadas para que toda a experiência seja positiva, tanto para o paciente quanto para o prestador de serviço”, conta Roberto Dozol, diretor executivo de Nina. Outro fator é ajudar as empresas a conterem o custo assistencial relacionado à falta de pacientes, pois quando isso acontece, as clínicas e laboratórios não têm tempo hábil de fazer novos encaixes, o que provoca buracos na agenda e ociosidade de profissionais.  

Sobre o Absenteísmo 

O absenteísmo compromete a capacidade de marcação de consultas de unidades de saúde, dificulta o acesso de outros usuários, acarreta aumento do prazo de espera para a realização de uma determinada consulta e gera custos assistenciais. Mais do que prejudicar o dia de atendimento, as faltas injustificadas de pacientes sem qualquer comunicação prévia em consultas ou exames agendados compromete a eficiência do serviço público e privado. 

LGPD funcionará como filtro para plataformas de telemedicina

Artigo anterior

Os desafios do 5G no Brasil e os impactos na saúde

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News