NewsNewsletter

Invest Tech faz seu segundo investimento na área de saúde

0

A Invest Tech, gestora de fundos de venture capital e private equity focada em tecnologia e telecomunicações, acaba de realizar seu segundo investimento no setor de saúde, o primeiro do fundo Invest Tech VC. O fundo co-investiu na healthtech Intuitive Care, que desenvolve soluções digitais para ganho de eficiência financeira no setor de saúde.

A startup captou R$ 7 milhões em uma rodada de investimento seed e completou a aquisição da concorrente Power Tiss. O aporte foi liderado pelo fundo de Corporate Venture Capital (CVC) do Hospital Israelita Albert Einstein, sob gestão da Vox, e teve a Invest Tech e Bold Capital como coinvestidores.

Com o aporte, a Intuitive Care passa integrar o Fundo VC, que já conta com investidas como Configr, GoBots, Uello, ClipEscola, Dattos e Logcomex, que registraram 124% de crescimento em suas receitas recorrentes em 2021. Com a entrada da Intuitive Care, a expectativa é que o crescimento em 2022 se mantenha acima de 100%.

O CEO da Invest Tech, Maurício Lima, destaca a inovação que a Intuitive Care traz para o setor. “O foco das empresas onde investimos é muito claro e definido: criar uma plataforma tecnológica que resolva os problemas de gestão e performance de seus clientes ou crie disrupção em determinados setores da economia. É isso que identificamos na Intuitive Care”, afirma.

A Intuitive Care desenvolveu uma tecnologia proprietária para integrar etapas do ciclo financeiro clínico-hospitalar ao ciclo de pagamento das operadoras de saúde, desbloqueando receitas represadas, automatizando fluxos de faturamento e reduzindo custos dos processos. A solução beneficia tanto centros de atendimento quanto operadoras. O objetivo é solucionar a ineficiência administrativa a partir da ampliação do intercâmbio de dados e da automação de mais etapas no ciclo financeiro.

Na prática, a startup conecta o sistema de gestão (ERP/HIS) dos hospitais aos portais das operadoras através de suas APIs proprietárias. Já são mais de 200 fontes pagadoras integradas, num universo de 900 operadoras de planos de saúde. Para efeito de comparação, a concorrência oferece uma média de 40 integrações. Entre as etapas automatizadas estão verificação de elegibilidade, geração de arquivos no padrão TISS, envio do faturamento, emissão de notas fiscais, coleta de demonstrativos de pagamento e diversos processos relacionados a glosas, por exemplo.

Com o valor recuperado, os centros conseguem reinvestir o capital e melhorar a própria operação, devolvendo valor para todo o ecossistema – inclusive pacientes. Além disso, a automatização agrega fluidez aos processos, beneficiando hospitais, operadores e usuários.

Criada em 2017, a Intuitive Care já transacionou dados de pagamentos de 6 milhões de procedimentos médicos realizados por 20 milhões de pacientes, atendidos por mais de 200 fontes pagadoras distintas. Nos últimos dois anos, o faturamento total da startup avançou cerca de 400% e se aproxima da casa dos R$ 10 milhões.

Com a recém concluída aquisição da Power Tiss, a equipe da Intuitive Care ultrapassa a marca de 100 membros. As empresas se complementam porque enquanto a healthtech domina a automatização e tecnologia, a Power Tiss surgiu de dentro dos hospitais anos antes da Intuitive Care e domina processos e know-how específicos do ciclo financeiro hospitalar, além de ter uma importante carteira de clientes.

Resultados indicam que HapVida já superou pandemia com aumento de adesões

Artigo anterior

Cuidar.me oferece planos digitais por faixas etárias e preços 40% mais baratos

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News