InovaçãoNewsNewsletter

Health tech oferece serviços de cuidados de saúde

0

A falta de acesso a atendimento de qualidade ainda é um obstáculo na vida de aproximadamente 75% dos brasileiros que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dependem do SUS. Os outros 25% se submetem à instável garantia dos planos de saúde e acabam encontrando preços abusivos e pouca cobertura. Filas demoradas, atendimento desumanizado e valores incompatíveis com a renda média são apenas alguns dos fatores que compõem a realidade enfrentada por milhares de famílias todos os dias.

E foi justamente nesse cenário de falhas e carências que as health techs surgiram para revolucionar o mercado de saúde no Brasil e proporcionar uma ampla rede de cuidados que vão desde prevenção e diagnóstico até tratamento. “Eu queria oferecer saúde de qualidade, com um atendimento rápido e eficiente, por um preço justo, que a maioria das pessoas pudesse pagar”, compartilha Marcio Mantovani, sócio e cofundador da health tech Clude.

A proposta da empresa é oferecer cuidados que vão além da saúde tradicional e, por isso, foi pensada para ajudar as pessoas a viverem mais e melhor através de programas preventivos de saúde e qualidade de vida com descontos em compras e todas as áreas do dia a dia. Com uma assinatura mensal que cabe no bolso e atendimento tanto presencial quanto online, são disponibilizados 4 serviços: Saúde, Help, Shop e Nutrifit.

Em saúde, o usuário tem acesso a atendimento médico na palma da mão, 24 horas por dia, 7 dias por semana; monitoramento de saúde com Inteligência Artificial; equipe de monitoramento de doenças crônicas; segunda opinião médica em casos graves; consultas médicas por telemedicina com especialistas por a partir de R$ 35; consultas, exames, vacinas e cirurgias com preços que cabem no bolso.

Já no Help, é possível agendar sessões com psicólogos a partir de R$ 35 e ter orientação de serviço social e segunda opinião médica em casos de doenças graves. No Shop, o Cluder recebe descontos que chegam a 60% em medicamentos e desconto em mais de 4.200 restaurantes e 180 lojas e e-commerces.

Setor de saúde pede urgência para regulamentação de consultas a distância

Artigo anterior

ClinApp conquista espaço entre aplicativos de odontologia

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar