sexta-feira, abril 19, 2024
Home Negócios Dr. Peanut substitui toda a linha por zero lactose e prevê produção de mais de 20 milhões de unidades/ano

Dr. Peanut substitui toda a linha por zero lactose e prevê produção de mais de 20 milhões de unidades/ano

por Redação
0 comentário

De acordo com a pesquisa da Euromonitor o segmento de alimentos saudáveis atingiu R$ 100,2 bilhões em 2020 e a expectativa de crescimento é de 27% até 2025. Além disso, em se tratando de mercado de suplementos, a Euromonitor também revela que deve duplicar nos próximos quatro anos e o crescimento é atribuído a popularização do consumo por não atletas, incluindo idosos e quem busca um estilo de vida mais saudável; aumento dos estudos científicos sobre os benefícios da suplementação nutricional e o estilo de vida mais agitado da população que deseja manter a saúde mesmo em movimento. Pensando nisso a Dr. Peanut, empresa do setor, anunciou que a partir deste mês, toda a produção da marca passa a ser 100% zero lactose, aliada aos atributos zero adição de açúcar, sem glúten e com whey protein que já fazem parte da fórmula.

“Nós criamos um jeito de fazer pastas de amendoim em 2017 e hoje lideramos o mercado nacional. Lá no início desafiamos o segmento, colocando sabor e indulgencia aliados ao fator saudabilidade, algo que mundialmente não existia”, conta Lucas Castro, fundador da Dr. Peanut. O empresário faz a breve explicação para contar o novo movimento audacioso da marca, “da mesma forma que mostramos ao mercado que a fonte de gordura vinda do amendoim é boa não só para o público fitness, mas que a população em geral que busca alimentação saudável e pode consumir um produto com sabor e sem culpa, agora vamos abrir essa conversa com a linha 100% zero lactose”, argumenta Castro. Em 2024 o faturamento da marca deve chegar em 170 milhões.

Com a capacidade de 2 milhões de unidades produzidas ao mês na planta fabril de 5 mem Curitiba, no Paraná, os 12 sabores diferentes entram na estratégia. “Nós não estamos agregando a linha zero lactose. Estamos transformando todos os nossos sabores, porque estudamos e entendemos que essa é uma demanda do mercado que veio para ficar, tanto para quem tem de fato restrição alimentar, quanto para quem não tem. Quando falamos que somos audaciosos, é porque não existe meio termo. Acreditamos na estratégia e seguimos como o posicionamento de crescer em faturamento neste este ano”, posiciona o fundador.

Em 2023 a pesquisa “Dr. Peanut” para pasta de amendoim liderou as pesquisas do Google (Semrush e Similarweb) e fomos a segunda marca mais buscada em plena Black Friday na categoria de alimentos, dados do próprio Google. “Eu acompanhei o crescimento do mercado e a expansão do consumo da pasta de amendoim por públicos de diferentes idades e tenho certeza que a Dr. Peanut encabeçou esse manifesto da saborização. Ainda temos muito espaço para atrelar consumo, saudabilidade e indulgencia, mas cada vez mais seguimos ao lado de um público fiel e que nos ajuda”, argumenta Lucas Castro.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside