quarta-feira, abril 24, 2024
Home News Confiança dos empresários se mantém positiva no setor farmoquímico em 2024

Confiança dos empresários se mantém positiva no setor farmoquímico em 2024

por Redação
0 comentário

Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) está acima da média para o setor farmoquímico e farmacêutico, alcançando 64,7 pontos. A análise é feita em uma escala de 0 a 100, sendo que os valores acima de 50 indicam a confiança dos empresários. Os resultados alcançados neste primeiro bimestre de 2024, podem ser o início dos reflexos relacionados aos investimentos na produção brasileira.

A ideia é compartilhada por Marcelo Mansur, CEO da Nortec Química, maior fabricante de insumos farmacêuticos ativos (IFAs) da América Latina, que comenta os números da CNI.

“Tivemos movimentos importantes nos últimos três meses relacionados aos Novo PAC, às iniciativas do Complexo Econômico-Industrial da Saúde e ao projeto Nova Indústria Brasil. Todos focados no fomento da produção nacional, fortalecimento da cadeia produtiva de insumos e medicamentos. Por isso, o ICEI pode ser um dos sinais relevantes para a percepção do setor sobre as ações que já estão em andamento e como podemos nos preparar neste momento”, comenta Marcelo.

Líder entre as categorias

As quatro categorias que ficaram acima da média foram: produtos diversos (56,3), máquinas e materiais elétricos (56,7), manutenção e reparação (57,9) e, liderando a lista, farmoquímicos e farmacêuticos (64,7). A pontuação calculada para este último setor, que faz parte da indústria da transformação, representa um aumento de 7,11% em relação ao mesmo período de 2023. Além disso, há também uma diferença positiva de 5,54% em comparação ao mês de janeiro de 2024. Os dados foram divulgados na última semana de fevereiro pela CNI.

Investimentos internos

Além dos fomentos do Governo Federal, o CEO destaca a importância do desenvolvimento interno das indústrias em tecnologia, processos e tendências, que visa as novas demandas que surgirão no mercado.

Marcelo ressalta que este é um setor movido pela inovação, sendo importante fortalecer setores de pesquisa, ampliar parcerias científicas, atrair profissionais e a busca por novas soluções focadas nas necessidades da saúde brasileira. “Ampliamos nossos laboratórios, temos projetos focados na produção de IFAs oncológicos, trabalhos em conjunto com a Fiocruz e, além disso, produzimos uma longa lista de insumos essenciais para o Sistema Único de Saúde. Acreditamos que estas, entre outras ações, serão importantes durante o crescimento da indústria nacional nos próximos anos”, detalha o CEO.

Dados do IBGE

Os dados mais recentes da Pesquisa industrial Mensal (PIM), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), também mostraram uma variação positiva na fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos, que passaram de -10% em novembro de 2023 para 1,4% em dezembro do mesmo ano. Mais informações sobre o setor ainda devem ser compartilhadas com a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) 2023, previsto para março deste ano.

ICEI e análises

É importante ressaltar que os relatórios do ICEI estão entre os diversos dados que podem auxiliar nas análises sobre o cenário e as perspectivas da indústria nacional, por isso, é necessário observar os movimentos econômicos internos e externos, que ainda influenciarão o Brasil ao longo do ano.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside