segunda-feira, julho 22, 2024
Home News Rede Mater Dei cria Day Hospital para procedimentos de baixa e média complexidade

Rede Mater Dei cria Day Hospital para procedimentos de baixa e média complexidade

por Redação
0 comentário

Com intuito de tornar a jornada do paciente — internação, cirurgia e o pós-operatório — mais ágil e segura, com recuperação em casa, a Rede Mater Dei de Saúde criou o Day Hospital, um andar inteiro dedicado a procedimentos de baixa e média complexidade. Instalado na unidade Santo Agostinho, em Belo Horizonte, o Day Hospital conta com cinco salas completas no bloco cirúrgico, espaço de recuperação pós-anestésica e leitos especiais de recuperação do paciente para procedimentos ligados às especialidades de cirurgia plástica, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia, angiologia, urologia e ortopedia.

Segundo Augusto Henriques Fulgêncio Brandão, cirurgião ginecológico da Rede Mater Dei e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), este é, na atualidade, o modelo mais moderno de bloco cirúrgico do mundo. “O Day Hospital visa tornar todo o processo de tratamento mais simples, com a jornada do paciente mais abreviada possível dentro da unidade hospitalar. Isso implica dizer ganho de tempo e comodidade em todo o processo, desde o dia em que ele recebe a informação de que precisa fazer determinado procedimento até a alta da intervenção”, comenta.

Guiada pelo padrão de recuperação de paciente em pós-operatório sugerido pelo protocolo Eras, adotado amplamente nos Estados Unidos e pela Mater Dei, a equipe multidisciplinar da rede de saúde trabalha com conceitos modernos de logística para diminuir questões burocráticas e administrativas, e tornar a cirurgia de menor complexidade mais simples. “O paciente se interna no Day Hospital, faz o procedimento, se recupera no leito especial, com toda a estrutura no mesmo andar e evita deslocamentos desnecessários dentro do hospital. O ganho com isso é muito grande”, acrescenta o médico.

Brandão observa que, antigamente, havia a ideia de que a recuperação no hospital era a melhor opção. “Hoje é sabido que se a pessoa consegue se adaptar à medicação oral e à alimentação e ingestão hídrica em sua casa, ela reduz o tempo de retorno às suas atividades pessoais e profissionais, se recuperando num prazo de tempo muito menor, pois fica mais à vontade e no melhor lugar do mundo para se recuperar: sua própria casa. Além disso, com a agilidade e comodidade do Day Hospital, em que o  paciente não pernoita no hospital,  diminuem as chances de possíveis complicações pós-operatórias consideravelmente”, diz.

O médico cita, por exemplo, no caso de sua especialidade, a ginecologia, que podem ser realizados procedimentos minimamente invasivos que vão desde biópsias até cirurgias de remoção de útero e ovário, com alta no mesmo dia. “Há estudos internacionais que indicam que muitas pessoas têm jornadas muito longas para problemas relativamente simples e não tão graves. Então, nós da Rede Mater Dei estamos adotando estratégias para que nossos pacientes possam realizar os procedimentos necessários para restabelecer suas questões de saúde, com a segurança e o padrão de excelência que temos, no menor tempo possível”, conclui.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside