segunda-feira, julho 15, 2024
Home News Indústria farmacêutica e farmoquímica cresce 11% no primeiro semestre

Indústria farmacêutica e farmoquímica cresce 11% no primeiro semestre

por Redação
0 comentário

O crescimento da produção da indústria farmacêutica e farmoquímica no primeiro semestre deste ano foi de 11,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. No primeiro semestre de 2022, havia registrado uma queda de 8,1%. Mas no segundo semestre do ano passado já havia dado sinais de recuperação, fechando o período com alta de 5,9% em relação ao segundo semestre de 2021.

O desempenho contribuiu positivamente para o resultado da indústria de transformação total. O setor foi o segundo que mais cresceu de janeiro a junho deste ano atrás apenas do setor de fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos. Os dados constam de um estudo da consultoria LF Novais, encomendado pelo Grupo FarmaBrasil.

Segundo o estudo, a produção industrial da indústria farmacêutica e farmoquímica cresceu fortemente na primeira metade de 2023, com ajuda de bases baixas de comparação, da recomposição de estoques e do declínio da importação. Outros fatores que podem ter contribuído também foram a expectativa de aumento do ICMS sobre medicamentos no início do ano e o tradicional reajuste de preços que acontece em abril, que podem ter antecipado a demanda.

Outro dado apresentado diz respeito à intenção de investimentos. Segundo levantamento da CNI, saltou de 68,2% no primeiro semestre de 2022 para 69,4 no mesmo período deste ano as empresas que pretendem continuar investindo, mostrando que o ambiente macroeconômico não diminuiu o ímpeto de investimento no setor farmacêutico.

A indústria teve alta na utilização da capacidade instalada da indústria farmacêutica, contrastando com a utilização da capacidade instalada em toda a indústria de transformação, que apresentou menor patamar. Em 2023, após a utilização da capacidade instalada do setor farmacêutico oscilar a partir de janeiro, o seu uso fechou julho acima da média histórica.

“Esse crescimento deve-se, em parte, ao declínio da importação de produtos farmacêuticos e farmoquímicos, e ao fortalecimento da indústria nacional, que, cada vez mais, investe em pesquisa, inovação e desenvolvimento tecnológico. Os números mostram que o setor está preparado para as novas políticas de estímulo do governo, que preveem ampliação da produção nacional”, destacou o presidente do Grupo FarmaBrasil, Reginaldo Arcuri.

As expectativas de demanda na indústria farmacêutica também permaneceram acima da média da indústria de transformação. Entre janeiro e abril de 2023, se manteve na faixa positiva — acima de 50 pontos —, e em julho atingiu 65 pontos, o segundo maior patamar desde 2021.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside