NewsNewsletter

Hospital Alemão Oswaldo Cruz inaugura Centro Internacional de Pesquisa na Unidade Vergueiro

0

Ao completar dois anos de atividades relacionadas à pesquisa científica, o Centro Internacional de Pesquisa do Hospital Alemão Oswaldo Cruz amplia seus horizontes com a participação da Unidade Vergueiro. Liderado  pelo cardiologista e pesquisador Dr. Álvaro Avezum, um dos especialistas mais renomados na área,  a iniciativa faz parte do plano estratégico do pilar de Educação, Pesquisa, Inovação e Saúde Digital, e tem como propósito fomentar pesquisas de relevância para a saúde da população brasileira e mundial, incluindo estudos mecanísticos, epidemiológicos, clínicos, e de implementação do conhecimento, além de avaliação de tecnologias em saúde, análises econômicas em saúde, e revisões sistemáticas, algumas em parceria com o Ministério da Saúde.

A equipe da nova unidade está composta por equipe mutiprofissional, entre médicos, coordenadores e analistas de pesquisa, enfermeiros e assistentes regulatórios, o que demonstra a característica multiprofissional do Centro. “Nosso objetivo é estimular a produção científica de relevância, incluindo a evidência do mundo real, e em diferentes áreas do diagnóstico, da prevenção e dos tratamentos, aumentando a visibilidade nacional e internacional do Hospital”, conta o Dr. Victor Sato, coordenador médico do Centro na Unidade Vergueiro. Segundo o especialista, a ideia é fomentar pesquisas nas diversas áreas de relevância, incluindo as diversas especialidades médicas com atividade assistencial, ou seja, ponto essencial que promove interligação entre as duas atividades, além de organizar cursos de aperfeiçoamento do tipo “hands-on” para diferentes profissionais, e pesquisas com maior aplicabilidade em saúde populacional.

Além dos estudos ambulatoriais com os pacientes que passam pelo Pronto Atendimento, o Centro tem como objetivo ampliar parcerias com hospitais públicos, como por exemplo, Hospital Brigadeiro, ICESP, e Hospital M’Boi Mirim. “Tornar a unidade uma referência em pesquisa é uma das nossas metas para promover a implementação do conhecimento gerado na prática clínica”, explica Dr. Sato.

Impacto populacional

Geração de conhecimento por meio de projetos de pesquisa é fundamental para dar respaldo à prática assistencial de excelência. Esse tem sido o foco do trabalho realizado pelo Centro Internacional de Pesquisa do Hospital durante os dois últimos anos. Inaugurado em 2019, o Centro conta com equipe multiprofissional treinada, incluindo médicos, coordenadores de pesquisa, assistentes de pesquisa, estatísticos, TI, pesquisadores especializados em Avaliação de Tecnologias em Saúde; epidemiologistas; enfermeiras assistentes; biólogos, farmacêuticos, além de médicos pesquisadores clínicos.

Atualmente, integra uma rede com mais de 100 instituições da área de saúde e possui 105 pesquisas em andamento, sendo 14 delas sobre COVID-19. “Desde a abertura do Centro, foram cerca de quatro mil atendimentos e produzimos cerca de 170 publicações em revistas científicas nacionais e internacionais com elevado fator de impacto, com a participação de mais de 10 mil pacientes. Mais do que coordenar e conduzir pesquisas de modo eficiente, trabalhamos junto ao corpo clínico para facilitar e estimular a produção contínua de conhecimento científico válido, relevante e aplicável, portanto, com impacto na saúde populacional”, afirma o Dr. Gustavo Oliveira, gerente médico do Centro Internacional de Pesquisa.

Versius tem indicação estendida para cirurgia torácica

Artigo anterior

SAÚDE DIGITALK entrevista Fernando Paiva

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News